top of page

Consumidor de chá mate: Preferência e hábitos de consumo


. C. Bueno de Godoy, L. B. Gheno, R. Deliza, S. Licodiedoff, C. N. Tobaldini Frizzon, R. Hoffinann Ribani


RESUMO

O chá mate, obtido com a espécie Ilex paraguariensis St. Hill., é o mais tradicional no mercado brasileiro. O desenvolvimento de novos produtos tem impulsionado seu consumo, reduzindo sua sazonalidade no varejo. O conhecimento dos hábitos, preferências e questões relevantes para o consumidor pode ser estratégico ao setor produtivo. Foi aplicado um questionário, na região de Curitiba-PR, com 100 consumidores de chá, sendo 84% mulheres e 16 % homens, com idade entre 18 e 70 anos objetivando levantar o perfil desses consumidores.



O chá vendido em sachê é o mais consumido, seguido das bebidas prontas. Os sabores preferidos dos chás em sachê é o tradicional e o de limão. Em tomo de 61% dos entrevistados gostam muito de chá adoçado com açúcar e o consomem em temperaturas quentes, durante o ano todo em seus lares. No momento da compra os itens de maior importância são qualidade e marca e as principais reclamações referem-se às embalagens.

Palavras chave: mercado, bebidas, perfil consumidores, estratégia.do preço que, juntamente com o aumento no custo de produção, implica a necessidade de alta produtividade e qualidade. Apesar disso, ainda não foram estabelecidos critérios precisos e eficientes para predizer a qualidade do chá a partir das folhas, bem como quais práticas agronômicas contribuem para o aumento da qualidade. No Brasil, a cultura do chá se concentra no Vale do Ribeira, em São Paulo (SP), sendo quase toda produção exportada. Apesar de o produto brasileiro não ser de alta qualidade, tem conseguido bons preços no mercado internacional. A produção brasileira, a área de produção e o número de indústrias de chá vêm diminuindo ao longo dos últimos anos, o que demonstra a necessidade de investimentos.


Palavras-chave: Camellia sinensis, catequinas, chá verde, chá preto, práticas agronômicas.

Juliana Domingues Lima, Paulo Mazzafera, Wilson da Silva Moraes, Reginaldo Barboza da Silva



54 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page