top of page

Bebês podem tomar chá? Confira




O chá pode ser uma bebida deliciosa e saudável para os bebês, mas é importante saber quando, como e quais tipos oferecer.

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) recomenda a introdução de chás na alimentação dos bebês somente após os seis meses de idade, quando outros alimentos são incluídos na dieta.


Antes disso, o leite materno deve ser a única fonte de alimentação, fornecendo todos os nutrientes e água necessários, conforme orienta a Organização Mundial da Saúde (OMS).


Qual o preparo ideal do chá para o bebê?


É importante preparar os chás de acordo com as instruções da embalagem ou orientações médicas. Use água filtrada e esquente sem alcançar o ponto de fervura. 


Os chás devem ser consumidos pelos pequenos em temperatura ambiente. Uma dica importante: não adoce o chá com açúcar, adoçante ou mel. 


Esses são ingredientes que podem causar problemas digestivos no bebê e, além disso, é importante que o paladar do pequeno sinta o gosto natural dos alimentos e comece a ser desenvolvido sem o componente do açúcar na alimentação.


Há uma quantidade certa?


A quantidade de chá que pode ser oferecida aos bebês varia de acordo com a idade e o peso da criança. De forma geral, é recomendado que os bebês com menos de 1 ano consumam, no máximo, 150 ml de chá por dia.


O chá alivia as cólicas?


Não há comprovação científica de que os chás tenham efeito sobre as cólicas.  Mas alguns estudos apontam que são excelentes opções naturais para ajudar na digestão e diminuir as cólicas do bebê. 

Para tratar cólicas, evite dar qualquer coisa para o bebê sem a indicação do pediatra.


Agora que você sabe quando e como pode introduzir o chá na dieta do seu bebê, conheça estas dicas que ajudam na hora de preparar o chá.


  • Comece oferecendo pequenas quantidades de chá, cerca de 50 ml, e aumente a quantidade gradualmente.


  • Ofereça o chá em temperatura ambiente.


  • Não adoce o chá.


  • Não ofereça chá ao bebê antes da hora de dormir.


  • Converse com o pediatra sobre a melhor forma de introduzir o chá na dieta do bebê.


  • Evite ervas que contenham cafeína e sejam estimulantes, como chá-mate, preto e verde. São chás com substâncias que dificultam a absorção de cálcio e ferro, importantes para o desenvolvimento da criança.


  • Prefira oferecer o chá à noite, com ervas calmantes, para ajudar o bebê a ter um sono mais tranquilo.


Conheça 5 ervas indicadas para bebês a partir dos seis meses de idade:


  • Erva-doce: alivia gases.

  • Capim-santo: auxilia no funcionamento do intestino.

  • Erva-cidreira: tranquiliza e alivia tosse e gases.

  • Camomila: atua como calmante e diminui enjoos.

  • Hortelã: auxilia na digestão e no combate a gripes e resfriados.

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page