Postado em 14 de Novembro de 2017 às 08h59

O uso de Chás durante a gestação: Contribuições para enfermagem

BISOGNIN, P.; ALVES, C.N.; WILHELM, L. A.; SILVA, S. C. da2; STUMM, K.E.; PINTO, T. A. P.; PUGIN, T.; RESSEL, L. B.

RESUMO:

O uso de chás é uma prática do cotidiano popular de cuidado à saúde e pouco investigada pela comunidade científica. Logo, a enfermagem tem preocupação quanto aos chás que podem ser usados por gestantes, desta maneira o objetivo deste trabalho é de refletir acerca do uso de chás na gestação e a atuação da enfermagem. Trata-se de uma reflexão embasada em publicações, nas bases de dados da Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) e Base de dados de enfermagem (BDENF). Constatou-se que são poucas publicaçoes sobre as plantas medicinais que podem ser usadas na gestação. Pela análise das publicações, o gengibre pode ser utilizado com segurança pelas gestantes, já a Laranja da Terra, a Hortelã, Pitanga, e a Malva não foram referenciados como contraindicados. No entanto, o alumã, Hortelã, Romã, Camomila, Erva-Doce, Capim-Cidreira e Capim Limão, cravo, canela, entre outros, oferecem riscos à gestação.

Palavras-chave: Plantas medicinais; Gravidez; Enfermagem. 

CONCLUSÕES

Mediante ao exposto faz-se necessário compreender quais os chás as gestantes utilizam, a fim de qualificar a atenção à saúde. É importante manter-se atualizado a respeito do assunto, por meio de estudos comprovados cientificamente e publicações da área da saúde.

Pode-se notar, pela análise das publicações que o Gengibre, pode ser utilizado com segurança pelas gestantes. Já a Laranja da Terra, Pitanga, e a Malva não foram referenciados como contraindicados. As plantas Alumã, Espinho cheiroso, Hortelã, Romã, Camomila, Erva-Doce, Capim-Cidreira e Capim Limão, Cravo e a Arruda, Tapete ou capim de Oxalá, Milomi, Quinaverdadeira, Melão de cerca, Quitoco, Aroeira, Agrião, a Mastruz, o Poejo, a Erva do Bicho, o Sene da Índia, carqueja, boldo e os chás de canela e cravo, de acordo com os artigos encontrados não devem ser utilizados pelas gestantes.

Percebe-se, que são poucos os estudos que abordam este assunto, tornando-se necessário maior investimento por parte dos pesquisadores, na busca de fornecer embasamento para a atuação profissional, fomentando novos estudos e empoderamento à profissão frente ao uso de plantas medicinais.

Veja também

Importância de um nutricionista para sua vida27/08/18 A preocupação dos brasileiros com a qualidade de vida está aumentando cada vez mais. Podemos perceber isso no cotidiano, tanto em restaurantes que oferecem cardápios saudáveis, quanto nas mesas de casa. Mas para ficar sempre em dia e com a dieta saudável, o nutricionista tem uma posição fundamental. Como o profissional estuda os alimentos e entende de suas......
Maneiras de Preparar Chá!19/04/17 Tisana: Acrescentar ervas à água fervente, tampar o vasilhame, e permitir a fervura por mais cinco minutos. Em seguida, desligar o fogo e aguardar alguns minutos antes de usar o chá. Infusão: Dispor as ervas no......
Diferentes usos alternativos para o chá07/08/17 Para o chá, existem diversos usos alternativos que a gente nem imagina. Se você tem por costume tomar chá de saquinho com certeza vai se interessar. Os mesmos usos são possíveis para aqueles que preferem o chá solto, a......

Voltar para Notícias